Fimose e DST

Fimose e DST

A fimose é a incapacidade de exposição da glande por um fechamento parcial ou completo da pele que recobre a cabeça do pênis. Quando criança este descolamento pode ocorrer de forma progressiva e natural, porém quando isso não ocorre até os 3 anos de idade é necessário procurar um urologista para tratamento. Em alguns casos pode ser utilizado pomadas para auxílio no descolamento, porém certas pessoas podem necessitar de um procedimento cirúrgico relativamente simples para tratamento da fimose.

As DST, Doenças Sexualmente Transmissíveis acometem principalmente as pessoas com maior número de parceiros e que não fazem uso dos métodos de proteção como o preservativo. Elas podem não apresentar nenhum sintoma e serem detectadas apenas em exames de sangue, mas também podem provocar o aparecimento de feridas, dores, secreções, verrugas ou vermelhidão na região genital. Existe uma grande incidência de aquisição ao mesmo tempo de mais de uma infecção após uma relação desprotegida. É importante procurar um urologista o mais precocemente possível para avaliação quando houver algum ato de risco para dst como ruptura do preservativo ou sintomas na região genital, pois esta atitude permite um tratamento mais precoce e pode interromper uma transmissão de doenças para outras pessoas.